Por: Fábio Medeiros Em: 23 de novembro de 2017 Categoria: Inbound Marketing Comentários: 0

Devido ao crescimento acelerado das tecnologias digitais, cada vez mais precisamos estar atentos às novidades do mercado para não ficarmos atrás da concorrência. Investir em inbound marketing se tornou uma prática recorrente e as empresas já estão colhendo os frutos. No entanto, muitos ainda têm dúvidas quanto aos seus benefícios.

Não é difícil entender esse ceticismo, pois, desde que esse termo surgiu, novas ferramentas e plataformas apareceram, e hoje são essenciais para o funcionamento dessa estratégia. Sendo assim, novas táticas foram adotadas, mas o objetivo continua sendo o mesmo de sempre: atrair um público qualificado para as empresas sem recorrer às propagandas intrusivas.

Neste artigo, listaremos 8 motivos para você investir em inbound marketing em 2018. Continue lendo e confira!

1. Os hábitos de compra mudaram

Com tantas empresas presentes na internet, era de se esperar que os consumidores adquirissem novos hábitos. Para essas pessoas, é cada vez mais comum fazer uma pesquisa profunda antes de efetuar uma compra. Querem saber qual produto atende as suas necessidades, os melhores preços, prazo de entrega, etc.

Se as pessoas não encontram a sua empresa ao realizarem uma busca, você está ficando para trás. Contudo, mais do que ser encontrado na internet, é necessário ter conteúdos relevantes e entregar a melhor experiência aos usuários.

2. O custo de investimento é menor comparado ao marketing tradicional

No marketing tradicional, além do trabalho de produção das campanhas, é preciso pagar pelo custo dos materiais e espaço nas mídias. Já no inbound marketing, o canal de divulgação é da própria empresa.

Os custos com a criação de conteúdos, ferramentas de automação, análise de dados, entre outros, são significativamente menores. Caso você opte por uma campanha de anúncios patrocinados para turbinar a sua estratégia, quem define o orçamento é você, ou seja, não fica refém dos altos preços das mídias tradicionais.

3. Os consumidores toleram cada vez menos as publicidades invasivas

Você já deve ter utilizado algum software para bloquear as propagandas intrusivas na internet ou conhece alguém que usa. É realmente irritante entrar em um site e ter de fechar diversos anúncios. Isso saiu tão fora do controle que, em 2017, o Google decidiu penalizar sites móveis com anúncios pop-ups que prejudicam a experiência dos usuários.

Quando você investe em inbound marketing, o seu conteúdo passa a ser a propaganda do negócio. Logo, você passa a ter uma publicidade 24 horas disponível, sem pagar a mais por esse privilégio e é encontrado por um público que tem interesse nos seus serviços ou produtos.

4. As chances de ser encontrado nos mecanismos de busca aumentam

O SEO (Search Engine Optimization) faz parte da estratégia de inbound e tem por objetivo deixar o seu site bem posicionado nos resultados orgânicos dos buscadores, como o Google e Bing. Por meio dos conteúdos, é possível aplicar diversas técnicas on page e acelerar esse processo.

Porém, se você quer que o seu site apareça nos resultados rapidamente, a saída é investir nos links patrocinados do Google AdWords. Você precisará se cadastrar na plataforma, escolher as palavras-chave para que o seu anúncio seja encontrado, elaborar uma descrição e definir um orçamento. Cada vez que alguém clica no link é descontado um valor.

5. Os brasileiros estão cada vez mais conectados

No início da internet discada, poucos tinham condições de pagar a conta no final do mês que variava de acordo com o tempo de conexão. Sem contar que o computador era um artigo de luxo. Atualmente, existem planos de internet acessíveis e diversos dispositivos no mercado.

Com o surgimento dos smartphones e sua rápida popularização, o número de brasileiros com acesso à internet cresceu ainda mais. Para se ter uma ideia, 43% dos usuários utilizam apenas o aparelho celular para se conectarem, contra 6% que usam apenas o computador.

6. Sua autoridade aumenta consideravelmente

Outra grande vantagem em produzir conteúdos relevantes é ganhar autoridade em seu segmento. Vamos supor que você tenha uma escola de ilustrações em 3D e, ao pesquisarem por esse termo, as pessoas encontrem diversos artigos, vídeos e infográficos bem elaborados sobre o assunto em seus canais.

A partir desse momento, você passará a ser referência nesse nicho para essas pessoas. Quando elas decidirem que é hora de dar o próximo passo e se inscreverem em um curso, é muito provável que você seja o escolhido.

7. A equipe de vendas recebe contatos qualificados

Quando o inbound marketing estava longe de ser realidade, a abordagem fria era uma das poucas opções para os vendedores prospectarem clientes. O problema é que se você não sabe quais contatos tem o perfil ou poder de compra, a taxa de conversão será baixa.

No entanto, se o usuário informa o e-mail para baixar algum material que você disponibilizou em uma das landing pages, significa que ele tem algum nível de interesse em seus serviços. A partir do instante em que é recebido esse dado de contato, é feito uma nutrição por meio do e-mail marketing até que os leads estejam qualificados para a abordagem.

Além das chances de conversão aumentarem, o atendimento se torna mais personalizado, pois todos os passos do potencial cliente ficam registrados. Logo, o vendedor saberá quais são suas dores e oferecerá os produtos que mais se encaixam no perfil desse lead.

8. Os resultados são mensuráveis

Qualquer ação feita no ambiente digital gera várias informações que podem ser levantadas pelos analistas. Ao contrário do marketing tradicional, é possível mensurar quantas pessoas visualizaram seus anúncios, clicaram em seus links patrocinados, foram convertidas em leads, etc. Existem ferramentas que até mesmo rastreiam o caminho que os usuários fizeram com o cursor do mouse em seu site.

Essa infinidade de informações possibilitam que você avalie quais ações estão, de fato, gerando resultados para otimizar o seu investimento. A análise de dados também proporciona um conhecimento maior do público-alvo e influencia em outras decisões — mesmo que fora do ambiente digital.

Como você pôde perceber ao longo deste artigo, investir em inbound marketing é contar com variadas ações que vão desde a atração do público-alvo até a conversão e fidelização dos clientes. Portanto, se você precisa de uma estratégia que funcione em longo prazo e traga resultados constantes, essa é com certeza a melhor escolha.

Está interessado em saber mais sobre o uso de inbound marketing na sua empresa ou ficou com alguma dúvida sobre a sua eficácia? Entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas!

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Trackback URL: http://agenciamulticom.com.br/site/8-motivos-para-investir-em-inbound-marketing-em-2018/trackback/