Por: Daniel Grazioli Em: 9 de agosto de 2017 Categoria: E-commerce Comentários: 0

É cada vez mais notória a migração do consumo do varejo físico para o virtual. Entre os benefícios de comprar on-line está o fato da comodidade para o consumidor, que tem acesso aos produtos sem precisar sair de casa. Além disso, a internet possibilita que as pessoas comparem facilmente as soluções disponíveis, e isso aumenta consideravelmente o nível de segurança para a tomada da decisão de compra.

De acordo com pesquisa realizada pela Ebit, o aumento dos consumidores digitais ativos em 2016 chegou a 31% — o que corresponde a aproximadamente 23 milhões de pessoas. A previsão é de uma alta entre 10% e 15% no faturamento do e-commerce brasileiro em 2017.

Diante do cenário promissor que o comércio eletrônico apresenta, é preciso pensar em diferenciação. Afinal, a concorrência pelas vendas on-line se intensifica a cada dia. Por essa razão, muitas empresas já começaram a investir na criação de uma estratégia de marketing digital para e-commerce.

Selecionamos, neste post, as melhores dicas para começar a implementar essas táticas no seu negócio e alcançar resultados extraordinários. Acompanhe:

Elabore um plano de negócios

Ao contrário do que muitos empresários pensam, é preciso planejar para atuar no universo digital. Sim: independentemente do segmento ou do porte do negócio, o planejamento é essencial para evitar conflitos futuros.

Afinal de contas, muitas empresas fracassam arduamente devido à ausência de um planejamento detalhado. Ou seja, estruturar um plano de negócios é de suma importância para avaliar o mercado de forma geral e identificar os principais objetivos do negócio. Consequentemente, será possível encontrar as estratégias mais indicadas para alcançar esses propósitos.

Além disso, é importante que, nessa etapa, a empresa reúna informações sobre quem é a sua persona, as principais forças e fraquezas do negócio, as oportunidades e as ameaças do mercado, os principais concorrentes e um cronograma com as ações a serem realizadas, bem como os prazos e os responsáveis pela execução de cada uma delas.

Essa fase é indispensável para que a empresa consiga mensurar os resultados posteriormente. Isso permite que você analise se as ações têm sido efetivas no alcance dos resultados esperados. Desse modo, é possível aperfeiçoar algumas estratégias para que, assim, o retorno sobre o investimento seja cada vez mais otimizado.

Sem falar que, ao criar o plano de negócio, você pode evitar alguns equívocos no papel em vez de cometê-los no mercado. Outro benefício em criar esse roteiro é a possibilidade de ampliar a sua rede de parceiros e de investidores.

Basicamente, o plano de negócio é formado pelas seguintes fases:

  • o sumário executivo, que reúne os pontos mais importantes do plano como um resumo;
  • a análise de mercado, com o estudo mais aprofundado sobre os clientes e os concorrentes;
  • o plano de marketing, que deve constar os produtos que serão vendidos e as estratégias para divulgação, distribuição e precificação dessas mercadorias.

Na sequência, o plano tático deve conter as ações necessárias para o funcionamento dos processos (áreas produtiva, comercial, operacional) da empresa como um todo. Todas as atividades precisam estar relatadas, afinal, a metodologia do negócio é diferente de uma loja física.

Por fim, a projeção financeira indica uma estimativa dos custos totais, o faturamento esperado, o investimento fixo necessário para o negócio funcionar. Assim, é possível prever a lucratividade da empresa e se preparar para colocar a mão na massa.

Invista no marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é o principal aliado das empresas que desejam conquistar o reconhecimento do seu público na internet. Isso acontece porque uma empresa se transforma em autoridade no segmento de atuação por meio da criação de conteúdo.

Mas atenção: é preciso produzir algo de valor para ganhar o interesse do seu público. Por isso, apresentamos o passo a passo completo para criar um conteúdo memorável. Veja:

Entenda quem é a sua persona

Diferentemente do que muitos empresários acreditam, saber quem é o público-alvo não é o suficiente para entender quem o seu negócio precisa alcançar. Ou seja, essas informações ainda são muito superficiais e indicadas para auxiliar na criação de estratégias em massa.

No entanto, para se destacar no ambiente on-line em meio a tanta concorrência, fazer mais do mesmo não vai trazer resultados positivos. Entender a persona ajuda a empresa a compreender melhor o seu perfil para oferecer um conteúdo que seja de fato diferenciado.

E isso não diz respeito apenas às informações demográficas de um consumidor, mas das suas características comportamentais. Compreender algumas informações amplia bastante a visão de quem realmente deve ser considerado o seu público. Por exemplo:

  • os principais objetivos;
  • os principais desafios;
  • os assuntos de interesse;
  • os meios de comunicação mais acessados;
  • entre outros.

Para criar uma persona que corresponda à sua realidade, é recomendado entrevistar os principais clientes. Inclua no questionário as perguntas relacionadas ao nome, ao cargo, à idade, ao estado civil, à formação acadêmica — mas, principalmente, a questões ligadas ao comportamento.

A partir daí, reúna as características em comum levantadas nas entrevistas para criar um personagem do potencial cliente perfeito. Dessa forma, torna-se mais fácil produzir conteúdo para ajudar essas pessoas e, consequentemente, aproximar-se cada vez mais delas.

Agora, se você ainda não possui clientes, pode utilizar outros recursos para definir a sua persona. As redes sociais são ótimas fontes, pois revelam muitos dados valiosos sobre os consumidores.

Outra maneira de localizar maiores informações sobre o comportamento do cliente ideal é observar os comentários em blogs do segmento. Relacione os principais líderes e/ou concorrentes da área e monitore o que as pessoas estão falando em cada artigo.

Depois, coloque todas as dúvidas encontradas em um documento e crie o personagem em que melhor representa essas pessoas.

Crie um blog

O formato de conteúdo mais indicado para começar a aplicar essa estratégia é o blog post. Os artigos no blog são capazes de atrair um alto volume de visitantes qualificados e isso pode ser muito interessante para que os seus produtos também ganhem mais visibilidade.

Antes de começar a escrever os textos, é importante estabelecer um cronograma com a periodicidade definida. Ter consistência nas publicações é excelente não só para ter uma audiência regular como para alcançar posições de destaque nas páginas do Google.

Defina os melhores temas

Um conteúdo de qualidade é aquele que ajuda a persona de alguma forma. Por esse motivo, antes de criar o seu texto, procure pensar como o artigo pode contribuir para auxiliar as pessoas na resolução de um problema.

Além disso, identifique as palavras-chave relacionadas ao seu negócio e escreva a maneira como as pessoas podem pesquisar esses termos no Google. Utilize a ferramenta Ubbersuggest para receber sugestões de palavras mais completas e criar o seu conteúdo.

Por exemplo: se a palavra “secador de cabelo” é relevante para a sua empresa, as pessoas também podem estar buscando por “como escolher o secador ideal”. Dessa forma, você terá muitas ideias para começar a escrever um conteúdo que contenha dicas eficientes para ensinar a persona a superar esse desafio.

Outro recurso interessante para a geração de insights é o Google Trends. Por meio dele é possível visualizar o interesse das pessoas em algumas palavras-chave de acordo com o período. Assim, você perceberá os termos que estão em alta e podem render um conteúdo valioso.

Essa ferramenta é excelente na criação de conteúdos de oportunidade. Ao perceber que um determinado evento está em destaque (como foi o caso das Olimpíadas em 2016), você pode criar algo relacionado. Com isso, o seu conteúdo ganha ainda mais visibilidade.

A BuzzSumo também é outra ferramenta que pode ajudar nesse processo de produção dos artigos. Basta digitar uma palavra relacionada ao segmento para aparecer uma lista dos conteúdos mais compartilhados nas redes sociais que possuem esse tema. Essas referências permitem que a sua empresa crie artigos ainda melhores e foque em assuntos que ainda não foram abordados.

Potencialize o alcance do seu conteúdo

Uma das estratégias mais eficientes para aumentar a visibilidade do seu conteúdo é investir em mídia on-line. Crie campanhas no Google AdWords e no Facebook Ads para impactar a sua persona de forma mais efetiva.

O ideal é começar com uma verba de teste para avaliar ao longo do tempo quais foram os resultados gerados. De maneira geral, você poderá atrair mais visitantes para os seus artigos. Dessa forma, é interessante adicionar algumas “iscas” ao longo do conteúdo para levá-los a outros textos relacionados.

Assim, as pessoas se relacionarão com a sua marca, e as possibilidades de gerar vendas são ainda maiores. Além do mais, o conteúdo também tem o propósito de educar os consumidores que ainda não estão preparados para a compra. E, quando essas pessoas estiverem propensas ao consumo, com certeza vão considerar o seu negócio como a 1ª opção.

Utilize o e-mail marketing

O e-mail ainda é um dos canais mais fortes para se comunicar com os consumidores. No entanto, deve ser utilizado de maneira estratégica para não comprometer a imagem da sua empresa de forma negativa. Por isso, apresentamos algumas dicas para criar uma campanha de sucesso:

Conquiste uma lista de potenciais clientes

Um erro bastante comum entre as empresas é a compra de listas de contato para envio de e-mail marketing. Esse é um dos maiores equívocos, pois as pessoas desse mailing vendido não têm nenhuma relação com a marca. Por essa razão, as chances do e-mail ser classificado como spam é enorme.

Portanto, a empresa perde tempo e dinheiro tentando se comunicar com as pessoas erradas. Invista na construção da sua própria lista para ter resultados com o e-mail marketing.

Receber a permissão das pessoas para enviar e-mails é um sinal muito positivo de que elas desejam se relacionar com o seu negócio. Portanto, você pode fazer isso por meio:

  • da criação de formulários no seu site para que as pessoas assinem a sua newsletter e aceitem receber periodicamente os e-mails;
  • ou, ainda, da criação de materiais ricos (e-books, templates, infográficos, série de vídeos) para que as pessoas interessadas em baixá-los disponibilizem o seu e-mail.

Dessa forma, você cria uma lista de contatos que realmente estão interessados em manter esse vínculo com a empresa. Com certeza as taxas de abertura e de conversão serão cada vez maiores.

Segmente minuciosamente a sua base

Criar uma lista de contatos não é o bastante para ter sucesso com as suas campanhas de e-mail marketing. A segmentação é um grande diferencial para personalizar a comunicação com as pessoas.

Vamos imaginar que um consumidor comprou um tênis de corrida na sua loja virtual e você pretende divulgar um relógio para corredores. Certamente esse contato deve ser avisado sobre esse produto — afinal de contas, é complementar à mercadoria adquirida.

Se você envia a mesma mensagem para as pessoas que já compraram o relógio, o resultado não será o mesmo. Os consumidores vão ficar muito frustrados com a sua empresa e podem, inclusive, nunca mais comprar de você.

Sendo assim, invista na segmentação da sua base para enviar o e-mail certo no momento ideal e alavancar as suas vendas.

Tome cuidado com a periodicidade das mensagens

Muitas empresas erram muito na frequência de envio das mensagens e perdem várias oportunidades de gerar negócios. O ideal é enviar 1 vez por semana para não saturar as pessoas, tendo em vista que elas já recebem inúmeros e-mails de outras empresas diariamente.

Faça testes

No marketing digital, não existem fórmulas. Assim sendo, é preciso testar e experimentar. O principal elemento que pode ser testado é o horário de envio dos e-mails. Avalie em que período do dia a sua mensagem teve o maior percentual de taxa de abertura e defina o melhor horário para disparar o seu e-mail marketing.

Outro aspecto interessante de ser testado é o assunto do e-mail. Avalie o assunto que mais incentivou o clique na mensagem e mantenha o estilo de chamada nos próximos e-mails.

Testar cores e formatos de e-mail também pode ser proveitoso. Mas cuidado: é importante trocar um elemento por vez. Para saber realmente qual foi o fator determinante, é preciso testar esses aspectos separadamente.

Otimize o seu site para os motores de busca

Estar entre as primeiras posições do Google é o sonho de muitas empresas, mas poucas conseguem. Isso porque o mecanismo valoriza, em 1º lugar, a experiência do usuário. Logo, não adianta pagar mais para se destacar em suas páginas. É preciso ter qualidade.

Para tanto, é preciso investir em algumas estratégias de SEO dentro do seu site que facilitem a navegação do usuário. Confira, a seguir, os principais pontos que devem ser aperfeiçoados para conquistar a preferência do Google:

Velocidade de carregamento da página

No universo on-line, tudo é muito dinâmico, e as pessoas não estão dispostas a esperar. Por essa razão, se um site é lento, com certeza vai afastar muitos potenciais clientes. Consulte com o desenvolvedor da sua página os recursos disponíveis para deixá-la mais ágil.

URLs amigáveis

O domínio de cada página precisa ter um nome completamente legível para que o Google consiga indexar as páginas. Um exemplo de um endereço não recomendado é “www.seusite.com.br/produto06-Y55”. O ideal seria “www.seusite.com.br/produto/celular/marca”.

Cuidado com as imagens

Geralmente, um e-commerce possui várias imagens para ilustrar os produtos oferecidos. É fundamental inserir nomes nessas imagens para que o Google entenda o que cada uma representa.

Layout responsivo

Cada vez mais pessoas utilizam o celular como ferramenta de compra. Por isso, é essencial que o seu site tenha um design responsivo, ou seja, que a sua página seja facilmente adaptável a qualquer tamanho de tela, sem comprometer a qualidade da transmissão de informações.

Títulos e descrições da página

Outro fator de muito peso na otimização de um site são os nomes e a descrição das páginas do site. Portanto, procure inserir a palavra-chave de cada página nessa nomenclatura.

Dessa forma, o Google consegue identificar o conteúdo que está sendo apresentado para exibi-lo, em sua página de resultados, sempre que a palavra relacionada for buscada pelo usuário.

Esteja presente nas mídias sociais

Os canais sociais são, hoje, um dos principais meios de comunicação entre marcas e consumidores. Estar presente significa se aproximar dos seus clientes e dos seus potenciais clientes.

A principal vantagem que essas redes oferecem para o negócio é a oportunidade de conhecer de perto os seus consumidores. Afinal, nas mídias sociais, as pessoas compartilham as suas experiências de consumo, e isso pode resultar em muitos insights no aprimoramento de produtos.

É fato que, para ter uma presença de alta performance, não basta estar nas redes sociais; é preciso ter estratégia. Por isso, compartilhamos as táticas mais eficazes para obter resultados com esses canais:

Crie categorias temáticas

Determinar um dia para cada tema de postagem é uma tática que otimiza muito tempo. Você pode, por exemplo:

  • divulgar uma frase inspiradora na segunda-feira;
  • compartilhar uma notícia interessante na quarta-feira;
  • divulgar um artigo do seu blog na sexta-feira;
  • divulgar os produtos que estão com desconto especial no domingo.

Esse roteiro permite que você se antecipe na programação de postagens e evite os bloqueios de criatividade. Isso acontece bastante quando as pessoas não criam um roteiro e tentam decidir o que publicar na hora.

Interaja com os consumidores

A interação nesses canais é indispensável para as marcas que pretendem atrair e fidelizar clientes. O monólogo das empresas acabou, e hoje o diálogo com o consumidor deve ser muito estimulado.

Aproveite a oportunidade para responder dúvidas e críticas e reagir a todas as interações da sua persona. Com isso, as pessoas vão perceber que a marca se preocupa com o seu público e cria um relacionamento com ele.

Uma reputação positiva se propaga facilmente pelos consumidores nas redes sociais.

Faça perguntas

Inserir perguntas nas legendas é uma tática eficiente para aumentar o engajamento com o público. Busque sempre incentivar a participação das pessoas. Você pode, inclusive, pedir para que o público envie sugestões de pauta para os seus canais.

Isso ajuda a criar mais familiaridade com as pessoas e a produzir exatamente o conteúdo que o seu público deseja.

Avalie sempre

A mensuração de resultados é necessária em qualquer ação de marketing digital. Por isso, invista um tempo para avaliar se os objetivos do negócio com as mídias sociais têm sido atingidos.

Procure entender como a sua audiência reage em cada formato de conteúdo e se inspire. A dica de ouro é eliminar o que não deu certo e replicar o que trouxe resultados positivos.

Não se esqueça de que o mundo está cada dia mais mobile

Recentemente, o IBGE divulgou uma pesquisa que aponta que o número de acessos à internet pelo celular ultrapassou o desktop. Esse é um sinal de alerta para as marcas que ainda não fazem parte do universo mobile.

Cada vez mais consumidores estão com os smartphones conectados, e não “bater ponto” nesse dispositivo significa perder muitas oportunidades de gerar vendas. Além disso, interagir com as pessoas nesses aparelhos permite que as marcas estejam com o seu público a qualquer momento do dia.

De acordo com o Facebook, considerando o cenário mundial, 94% do tráfego é originado dos celulares. Ou seja: não podemos fechar os olhos para as novas tecnologias e, acima de tudo, para as mudanças de comportamento do consumidor.

Por isso, todas as ações de marketing digital devem ser cuidadosamente planejadas também para o mundo mobile. Caso contrário, as empresas vão continuar negligenciando uma parcela muito significativa do seu público.

Conclusão

É fato que as estratégias de marketing digital para e-commerce são muito eficientes se aplicadas de maneira apropriada. No entanto, boa parte dos empresários possui muitas atribuições ao longo do seu dia, e isso dificulta bastante a aplicação das táticas abordadas neste post.

Para obter resultados extraordinários no ambiente digital, é preciso ter estratégia e muita dedicação. Sabemos que, nos dias de hoje, é praticamente impossível conseguir foco total na elaboração dessas estratégias.

Por essa razão, contratar uma agência especializada é o caminho mais indicado para aumentar as vendas e conquistar resultados expressivos. Entre as vantagens de ter o apoio de especialistas, está a otimização de tempo.

Com a terceirização das ações de marketing digital, é possível se concentrar em outras atividades estratégicas do negócio. O resultado é uma parceria muito promissora com profissionais altamente qualificados e preparados para lidar com vários segmentos.

Desse modo, a sua empresa poderá alcançar um crescimento consistente, tendo em vista que a maioria das táticas digitais precisa de acompanhamento, mas oferece um retorno recorrente. Em dado momento, o marketing digital funciona como uma máquina de vendas, aumentando a lucratividade dia após dia.

Agora que você já sabe como aplicar a estratégia de marketing digital para e-commerce, que tal começar? Se você gostou do nosso material, compartilhe-o nas redes sociais!

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Trackback URL: http://agenciamulticom.com.br/site/como-comecar-uma-estrategia-de-marketing-digital-para-e-commerce/trackback/