Por: Daniel Grazioli Em: 1 de março de 2019 Categoria: Marketing Digital Comentários: 0

A maioria dos empreendedores abre sua empresa porque identificam uma oportunidade de negócio, muitas vezes quando ainda estava empregado no mesmo nicho de mercado de atuação da nova empresa.

Dessa forma, o empreendedor acaba tendo domínio sobre sua área de atuação, mas frequentemente se esquece de que para administrar uma empresa é preciso muito mais. É preciso dominar também gestão como um todo, com todas as suas vertentes, inclusive as finanças.

O que é a gestão financeira?

Gestão financeira são ações e processos administrativos que estão relacionados com planejamento, análise e controle das atividades financeiras de uma empresa.

São ações vitais para o bom funcionamento das empresas, já que envolvem investimentos, despesas, lucros, financiamentos e valor patrimonial do negócio, e permitem estabelecer objetivos para curto, médio e longo prazos, definir prazos e analisar os resultados obtidos.

Qual é a importância da gestão financeira para a empresa?

De acordo com pesquisas realizadas pelo Sebrae, 25% das empresas encerram suas atividades antes de completar 2 anos de atividade. O estudo ainda afirma que os principais fatores causadores do alto índice de mortalidade empresarial estão relacionados à falta de planejamento ou capacitação do empresário para a gestão do negócio.

Equilibrar as finanças da empresa e a gestão do negócio não é tarefa fácil e a gestão financeira ajuda justamente nisso. É fundamental gerenciar custos e entradas, definir preços competitivos, controlar gastos e realizar investimentos que contribuam com o crescimento da empresa.

Funções da gestão financeira

No âmbito empresarial, a gestão financeira contém quatro papéis importantes:

  • Planejamento Financeiro: planejar o crescimento da empresa, identificar desafios ou problemas futuros, selecionar ativos rentáveis e administrar esses ativos.
  • Controle financeiro: acompanhar o desempenho financeiro da empresa, analisar desvios nos indicadores e definir medidas corretivas que coloquem a empresa na estratégia definida.
  • Administração de ativos: planejar a estrutura de risco e retorno de ativos financeiros, acompanhar fluxo de caixa e gerir investimentos.
  • Administração de passivos: gerenciar os financiamentos da empresa e garantir a liquidez da organização, o risco financeiro e buscas oportunidades de reduzir custos.

Uma empresa que não gerencia seus ativos e passivos, não possui um planejamento financeiro e não controla seus gastos é fadada ao fracasso.

Como implementar a gestão financeira da sua empresa?

O primeiro passo deve ser analisar como está a situação financeira da sua empresa. É preciso listar minuciosamente cada gasto e receita do negócio. Analise todas as informações para identificar quais gastos podem ser evitados, e quais são fundamentais para a empresa.

Com esses dados em mãos, é possível perceber oportunidades de renegociar com fornecedores e também fazer projeções que permitem identificar problemas futuros e agir antecipadamente para evitá-los.

É preciso analisar o fluxo de caixa e acompanhar todos os recebimentos e pagamentos da empresa para identificar quais gastos podem ser modificados. A melhor forma de ter acesso a esses dados e acompanhar todos os resultados é utilizar um sistema de gestão empresarial integrado, que permite o registro de todas as informações da empresa em um único lugar e o acompanhamento dos resultados em tempo real.

Um sistema de gestão empresarial oferece a segurança e praticidade necessária para facilitar o dia do gestor da empresa, garantindo que todos os dados poderão ser analisados de forma eficiente, em qualquer momento.

Os módulos integrados permitem que todo o funcionamento da empresa seja registrado e compartilhado com os setores responsáveis em tempo real, automatizando os processos e permitindo que o trabalho seja otimizado, aumentando a produtividade da empresa.

Gestão financeira integrada com outros setores da empresa

A gestão financeira deve ser integrada com outros setores da empresa para contribuir com o crescimento do negócio. É importante considerar a importância de cada setor e as necessidades específicas para que tudo funcione adequadamente.

Um setor que precisa estar alinhado com as finanças é o marketing, que precisa ter um orçamento adequado para gerar novas oportunidades de negócio e assim, mais lucratividade para a empresa.

Quando não existe esse alinhamento, as estratégias de marketing podem acabar sendo ineficientes, transformando-se em custo e não investimento.

É importante que as equipes de marketing e de gestão financeira sejam incentivadas a trabalharem em conjunto, sempre buscando formas de contribuir com o crescimento da empresa.

DEIXE UM COMENTÁRIO!

Trackback URL: http://agenciamulticom.com.br/site/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-gestao-financeira/trackback/